sábado, 6 de fevereiro de 2010

My Bad Romance


Não ponha palavras em minha boca.
Não imagines o que eu deveria ter dito.

Você tem o péssimo hábito de entender as coisas do seu modo.
Eu tenho direito de inventar nas minhas escritas, tenho direito de fingir.
Eu posso falar o que eu quiser.
Go to hell com suas interpretaçãoes vazias
Afinal, elas só fazem sentido pra você.

Eu não quero paixão. Amar eu já amo.
Amor vadio, traiçoeiro, amor amargo
Veneno que não quero sorver
É o copo sempre a meu lado
É sede não saciada.
Amor hostil, certeza sinistra
Verdade cruel, coração dilacerado.
Dá pra me deixar de lado.
Não estou apaixonado, nem quero estar.
Eu quero é farra, eu quero é nada.

Não insista em envolver-me com suas palavras, eu sei fugir
Eu já fugi, estou no deserto. Terra de corações áridos, feridos, dilacerados pelo mais cruel dos sentimentos.
Pra falar a verdade, tudo é apenas insanidade, coisa de mente vazia,
Coisa que não faz sentido.
Não estou escrevendo a você.
Nem pra você.
Estou escrevendo pra que fique claro o que eu quero. E não quero estar apaixonado.
Não insista, nem me peças pra pensar. Eu odeio pensar!
Não insista, nem me peça uma chance, eu não quero nem mil!
Do passado, de paixões, amores eternos e internos sobrou apenas marcas.
Marcas que não quero ver, nem lembrar que existem.
Não me diga que podes curar-me.


"Se a paixão fosse realmente um bálsamo, o mundo não pareceria tão equivocado.

Te dou carinho, respeito e um afago.
Mas entenda, eu não estou apaixonado. A paixão já passou em minha vida,
Foi até bom mas ao final deu tudo errado
E agora carrego em mim
Uma dor triste, um coração cicatrizado
E olha que tentei o meu caminho
Mas tudo agora é coisa do passado
Quero respeito e sempre ter alguém
Que me entenda e sempre fique a meu lado ( não precisa ser todo dia nem pra sempre)
Mas não, não quero estar apaixonado
A paixão quer sangue e corações arruinados
E saudade é só mágoa por ter sido feito tanto estrago
E essa escravidão e essa dor não quero mais
Quando acreditei que tudo era um fato consumado
Veio a foice e jogou-te longe
Longe do meu lado
Não estou mais pronto para lágrimas
Podemos ficar juntos e vivermos o futuro, não o passado
Veja o nosso mundo
Eu também sei que dizem
Que não existe amor errado
Mas entenda, não quero estar apaixonado. "
(Parte do azul ao final: letra de Renato Russo - Longe ao seu lado)

Arthur Alter Lima























11 comentários:

  1. Muito bom, me sinto assim também, sem muito qualquer coisa para paixão, mas tudo bem de ficar perto sabe. Adoro esses poemas/desabafos, parabens pela inspiração. Bjuu!

    ResponderExcluir
  2. muito bom!

    adoro seu blog.

    bjitos...

    ResponderExcluir
  3. Oi Arthur, andei sumido do seu blog, mas, gostei do texto e resolvi comenta-lo.
    Eu achei um tanto egoista não querer se apaixonar, mas ainda sim querer alguem do seu lado pra sempre apenas por estar. É cruel, querer que alguem esteja do seu lado e não ser capaz de querer lhe dar um pouco de paixão, amor. Eu li o texto e reli... achei cruel, o amor não eh assim, e nem a paixão é assim.

    Ps. Minha opinião...

    Abraços Amigo.

    ResponderExcluir
  4. depois de muitos anos de vida e de experiências vividas não tenho dúvidas em afirmar que concordo plenamente com vc ... Paixão é álgo frágil, egoista, irreal, fora de contexto ... o Amor é algo muito mais sublime ... mais real ... mais humano ... o Amor é companheiro, é solidário, é cúmplice, é verdadeiro ... o Amor não cego ... ele sabe perceber o outro tal como ele é e aceitá-lo em plenitude assim ... o amor não trás angústia nem dor ... não quero mais paixão, pois ela não tem o menor sentido e nem pode ter ... paixão é pura fantasia de um pequeno momento ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  5. Nossa!!! a princípio pare ser cruel demais. Ao ler o comment do Gustavo cheguei a dar razão a ele. Mas ao ler o comment do Paulo, percebi como ele foi acertado na interpretação (filósofos kkkk) agoro então entendi +_ o q vc quis dizer. E sendo assim concordo. Amor é mais coerente que paixão.
    Bju menino sumido, preciso falar com vc.
    Jay

    ResponderExcluir
  6. Uma vez um homem me disse que me amava e eu respondi: "Estou apaixonado por vc tb!". Eu não o amava...

    Grande abraço,

    Apolo

    ResponderExcluir
  7. Achei esse a minha cara, hoje to pensando assim, to nesse BAD ROMANCE, e não quero amar.
    Não quero estar apaixonado.

    Magnifico, AMAZING!
    Adorei o seu texto Arthur, bem o meu momento,
    Beijao!!!!

    ResponderExcluir
  8. Por isso eu digo que não quero estar apaixonado, quero ter segurança, até quando vou viver de incertezas pensando que a vida é uma aventura?

    ResponderExcluir
  9. Amei mais que tudo! Sua visita, a lembrança que realmente sumi, seu post.. nossa esse teu blog é um arauto de esperança e realidade.. De amor e òdio... Enfim.. pra quem quer pensar e refletir. Como perdi por ter ficado tanto tempo longe.. Muito sucesso e conte comigo sempre por aki!

    ResponderExcluir
  10. isso aiii cara
    tem q botar moral mesmo

    =P

    ResponderExcluir
  11. Arthur

    Realmente paixão dilacera, amor acalemta. Você tem tudo para conseguir um amor verdadeiro. Esses dias de só farra e prazeres passageiros podem estar no fim...rs.rs....

    ResponderExcluir