domingo, 25 de abril de 2010

O Medo de você não amar...



Cavando um buraco pra me proteger, talvez de você.
Mas as paredes estão desabando encima de mim.
O ar está acabando, mas estou tentando, estou respirando...
Venha me encontrar.
Não havia sido assim antes de você entrar em minha vida, minha casa não parecia um lar e você o tornou um lar para nós.
E eu sei que é fácil falar, mas é difícil sentir-se assim.
Sinto mais sua falta do que deveria, mais do que achava que poderia.
Não consigo parar de pensar em você.
Sei que você teme que eu logo deixe de amar você, mas o amor, o amor é eterno, mesmo que seja apenas enquanto dure, mas é eterno, na sua efemeridade.
Ter medo faz parte. Parte da beleza de me apaixonar por você e o medo de que você não faça o mesmo me assusta.
E nunca havia sido assim antes, não pra mim.
Eu nunca havia sentido esse medo, você mudou meu coração e fragilizou meu corpo e mente.
Agora não consigo parar de pensar em você.
E eu odeio o telefone, mas queria que você ligasse.
Achei que estar sozinho era melhor, que era melhor que me apaixonar de novo, mas me enganei, eu me rendo.
E eu sei que é fácil falar, mas é difícil sentir-se assim, mas estou assim, todo bobo.
Sinto mais sua falta do que deveria, mais do que achava que poderia.
E só você pode preencher o espaço que você mesmo criou, só você pode dar o significado de lar à minha casa, só você pode dar o significado de amor ao meu coração.
E se você não ligar eu ligo, se você não vier a mim eu vou até você.
Se você não correr ao meu encontro eu corro ao seu.
Se você não se mudar por mim, eu mudo por você.
Se você não me disser NÃO, eu digo SIM. Se você não me disser PARE eu continuo amando VOCÊ.
Se amar é o limite que você determinou para nós, estou no meu LIMITE.
Amar é ...
Arthur Alter in love again :D!

10 comentários:

  1. Grande amigo Arthur, que bom ver você de volta aqui. Fico feliz por ver você amando, mas você não está tão feliz quando nos tempos de MG, do skatista, do guia turistico e do entregador de sanduichesl....rs.rs..........
    Vai fundo garoto, o amor verdadeiro é etrno sim, é duradouro, resiste a temporais e a secas.
    Que bom poder falar contigo de novo.
    Para vc: sirmesquita@gmail.com

    Abraços e bjs pra ocê também.......

    ResponderExcluir
  2. Como sempre uma belo texto, muito inspirado, poético, fico feliz por vc estar in love again, aproveite bastante, viva cada segundo, e sempre proximo a esse limite, porque eh lindo. Bjo e boa sorte!

    ResponderExcluir
  3. Texto bonito, mesmo q excessivamente idealizado.
    De qq forma, nunca é demais (tentar) viver intensamente esses momentos né!

    Então, boa sorte pra vc daqui pra frente
    vc merece ;)

    abraço

    ResponderExcluir
  4. Olá Arhur,Espero que a pessoa entenda o recado e também se renda ao seu grande amor. Sucesso.
    Bjux

    ResponderExcluir
  5. Meu caro amigo Arthur, não tem como não ler e não pensar um pouco sobre tudo isso né? Muito bom as suas falas. Li alguns hoje.

    Obrigado pela gentileza de sempre me dar uma visita.

    Temos que marcar um encontro de 1 ou 2 dias dos blogueiros. Que achas da idéia? Assim, poderemos conhecer um pouco cada um de nós.

    Abraço forte.

    ResponderExcluir
  6. Olá gostaria de convidá-lo a conhecer meu trabalho através do blog Ecos do Teleco Teço (WWW.ECOSDOTELECOTECO.BLOGSPOT.COM) . Grande abraço e sucesso com sua proposta !! Axé

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus, moço, isso é tão LINDO. TÃO PURAMENTE AMOR! dá para até ver o seu corpo inebriado desse sentimento. Me identifiquei com essas palavras, lindas! =)

    ResponderExcluir
  8. Oi Arthur obrigado pelo seu ótimo comentário, lá no blog. Bem, eu acho que vale um Drummond aqui: "Amar só se aprende amando". O medo vai sempre fazer parte no terreno arenoso de amar. Quer um conselho? Arrisque-se. Vale a pena. Abração!

    ResponderExcluir
  9. Ai ! não resisti , eu li o texto e então, é , to aqui de novo ... vim dizer que me identifico mt mt mt com esse texto.
    essa coisa intensa , q dá um friozin na barriga..
    como bom estar amando !

    ResponderExcluir