quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Hotel Fazenda - Final

Você vai ter sua chance hoje, eu disse. E ele riu faceiramente.
Fomos pra cozinha e enquanto eu preparava o lanche eu dava jeito de me aproximar dele.
Peguei um queijo especial e perguntei-lhe se gostaria no lanche dele, ele me disse se é bom como você, eu como. Eu ri e disse eu sou melhor te garanto e aos risos eu levei um pedacinho pra ele provar. Levei em direção a boca dele e ele tentou pegar com a mão. Eu disse hanhahn e coloquei na boquinha dele, meio sem graça ele sorriu e disse é bom sim. Eu pensei comigo: você ainda não viu nada.
Continuamos a conversar e eu preparando o lanche. Olhei e perguntei-lhe: quer mais um pedacinho do queijo? Pode pegar.

Ele me disse eu aceitaria se você me desse outra vez. Eu ri e disse: pois não, seja feita a sua vontade, mas tome um pouco de vinho antes, você vai sentir melhor o paladar do queijo. Ele ficou de pé perto de mim sorveu o vinho e eu dei-lhe o queijo como ele quis, ele só não esperava que em menos de um minuto eu viraria e roubaria lhe um beijo, sem cerimônia alguma.
O melhor de tudo é que ele não impôs resistência. De imedianto me desculpei pelo impulso e disse: eu já não aguentava mais esperar. Um fogo me queimava por dentro. E ele me disse que bom, você estava demorando demais. E nos beijamos de novo. E agora um beijo demorado, suave e gostoso. Trocamos carinhos...
E o lanche ficou pronto. Lanchamos tomando vinho. E durante o lanche falamos sobre relacionamento, namoro. Eu senti que ele apesar de vinte e cinco anos era bastante inexperiente e inseguro e foi o que ele me falou. Como também me disse que não queria me magoar, mas que achava que não estava preparado pra um relacionamento. Eu logo tratei de deixá-lo tranquilo dizendo que não estava lhe propondo um relacionamento e que relacionamentos só acontecem quando as pessoas se sentem seguras e que ele poderia ficar muito a vontade quanto a isso.

Carinhosamente eu beijei-lhe e o trouxe pra sala, nos sentamos no sofá e namoramos, eu sentia meu sangue ferver e o dele não estava diferente. E assim sem medo e eu o tomei pela mão em direção ao meu quarto. Beijei-lhe e deitamos. Ele me disse: tenho que ir pra casa. Eu disse eu sei. E depois de um outro e outros beijos nos amamos.
Acordamos no outro dia (sábado) as sete da manhã, ele assustado e querendo fugir as pressas e eu logo o acalmei carinhosamente. Tomamos banho, café e ele sorria feliz. Entreguei lhe o presente de natal eu comprara no dia anterior e ele ficou mesmo surpreso.
Marcamos de nos ver de novo antes de eu viajar para o Natal e Ano Novo em BH. Naquele mesmo sábado a tarde eu recebi três mesangens de texto dele. Três declarações de amor. Acho que isso vai mais longe do que eu possa imaginar, eu pensei. Naquela noite ele me convidou para sairmos, disse que não queria passar no meu apartamento mas que desejava sair. Fomos tomar um shopp, mas ele dormiu na minha cama...
É, depois de alguns shopps a gente fica bem mais amável...
PS. Google public pictures só pra ilustrar.
Arthur Alter

24 comentários:

  1. Hey Arthur. Nooossa menino, que coisa hein!!!Ele é dificinhu mas cede né, menos mal rsrs.Eu sou dificinhu tb kkkkkkkk.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. loves in the air!!!

    q tudo corra bem para vcs ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  3. Meus deus..., e pensar que esse fogo todo esteve mais perto de mim e não me avisou!!! rsrsrs Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Cara, blefei agora, tenho certeza que respondi à aquele comentário com a seguinte frase "...para uma devassa? ja está convidado!...", no entanto, procurei em suas postagens e não encontrei, acho que dormi quando o escrevi e esqueci de salvar, puts! :(

    ResponderExcluir
  5. Será que terei de ir a Sampa agora?? rsrs

    ResponderExcluir
  6. Lindoooos! Amei o conto. Me senti apaixonado!

    Obrigado pelo seu comentário no meu blog. Eu confesso não ser muito difícil, mas adoro conquistas que exijam um certo tempo, são as melhores.

    *DB*

    ResponderExcluir
  7. Esses momentos meio inexperados, que causam um tesão forte são os melhores momentos, porque não são planejados, vão acontecendo lentamente, ná dúvida, ná incerteza.......final excelente.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?? Tem um selinho lá no meu blog para ti. Abraços e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  9. Olá Arthur, sou blogueiro e estou divulgando meu Blog através de parcerias com outros Blogs. Se você aceitar uma parceria será legal.
    Conheça o meu Blog http://ninhoderisos.blogspot.com, vamos nos unir. Blogueiros unidos têm muito mais chance de divulgação, muito mais chance de mostrar o seu trabalho.
    Meu e-mail é valdirbressane@hotmail.com
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Deixei um selo pra vc no meu blog. Confere quando finalmente resolver aparecer, certo? Abraço...saudades.

    ResponderExcluir
  11. Hummm...fascinante esse conto.

    abraços
    de luz e paz
    Hugo

    ResponderExcluir
  12. QUERIDO AMIGO.

    sua postagens finalmente foi posta em meu blog . desculpe-me pela demora =)

    espero a sua visita mais que especial.
    tenha um dia azulado.

    ResponderExcluir
  13. Que eles sejam felizes para sempre e que tenham filhos lindos como aquele menino ali do outro lado da rua que está mandando tchauzinho pra mim e passando a língua pelos lábios.

    ResponderExcluir
  14. Arthur??????????

    Está tudo bem contigo????????

    ResponderExcluir
  15. Que interessante... vou seguir alguns de seus passos para conquistar uma pessoa ;)
    Abraços

    ResponderExcluir
  16. Ah Arthur. Que saudade eu estava do clima bom de suas histórias. Quando irá dizer se são fantasias ou fatos hein menino? Rsrs.
    Meu amigo, é sempre bom ler e até reler seus contos, ver como você está. Grande abraço, sorria e seja feliz!

    ResponderExcluir
  17. Olá amigo!
    Tem selo pra vc lá no blog.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo, tem um selo em homenagem ao seu blog lá no meu blog.

    Abraços,
    Caio.

    ResponderExcluir
  19. Arthur

    Estamos com saudades de você e querendo notícias.
    Está tudo bem?

    Abs

    ResponderExcluir
  20. Mais que menino sumido é esse? rsrs
    Vc tá bem Arthur? Saudade de tu
    Bjo

    ResponderExcluir
  21. tudo bem contigo? das vezes q sumi sempre tive comentários seus. e agora amigo como estás?? um grand abraço e tudo de bom. esperando resposta viu rs.

    ResponderExcluir
  22. Arthur

    Passa lá deixa um contato, quero falar contigo.

    Abração

    ResponderExcluir